A Norwegian Fairytale Comes True

22 jul

Não é mistério para ninguém que eu tenho quase um fanatismo por violinos (e violinistas). Se algum de vocês não sabia, está sabendo agora: “O violino é meu instrumento musical favorito”. E unindo a fome à vontade de comer, eu acabei conhecendo Alexander Rybak, um talentosíssimo artista nascido na Bielorrússia, mas que vive na Noruega (país o qual representou no Eurovision Song Contest 2009) desde muito pequeno. Além de tocar violino maestricamente bem, o jovem prodígio de apenas 24 anos toca piano, canta, atua e compôs a maioria das músicas de seus dois álbuns (Fairytales/2009 e No Bounderies/2010).

O talento de Rybak ficou provado de vez quando uma de suas composições – Fairytale – conferiu à Noruega o título de campeã do ESC 2009 – vale ressaltar que o grupo de pop sueco ABBA venceu esse mesmo concurso em 1974, com a canção “Waterloo”, após o qual se tornou mundialmente famoso. O engraçado é que quatro anos antes, em 2005, Rybak foi eliminado da versão norueguesa do programa Ídolos, por não agradar os jurados com sua interpretação de Your Song (canção entoada por Ewan McGregor no filme/musical Moulin Rouge).

Eu venho tentando escrever um texto sobre Alexander desde que ainda tinha o meu antigo blog (Sceptical Poet), mas por diversos motivos, desde a falta de tempo à falta de inspiração, só agora eu pude excluí-lo da minha lista de temas sobre os quais quero escrever e adicioná-lo de vez à lista de temas sobre os quais já escrevi. A verdade é que, logo quando conheço algo que me desperta interesse, tenho que imediatamente tentar esboçar um texto sobre o assunto, ou então o furor inicial vai desaparecendo com o tempo, e nada de bom poderia sair dum tema que está guardado há anos num dos porões da minha mente. É realmente uma tacada de sorte conseguir escrever este texto e me agradar dele, em vista do fato de que conheci esse artista em meados de 2009, ou seja, em torno de um ano atrás.

Estava eu me auto-induzindo a uma overdose de vídeos do contra tenor letão Vitas (sobre quem já escrevi no blog anterior e a quem pretendo novamente dedicar uma reprodução do mesmo texto no atual), quando vi um vídeo cuja figura e nome me chamaram a atenção: EUROVISION 2009 WINNER – NORWAY ALEXANDER RYBAK – e na figura havia um jovem tocando violino enquanto cantava ao microfone.  Cliquei no vídeo e para minha felicidade conheci um dos artistas mais talentosos que já havia visto interpretando Fairytale, seu primeiro single, ao vivo. Ouvir o som do violino esplendidamente tocado por um rapaz que executava uma performance ao mesmo tempo enérgica, jovial e clássica, ao lado da companhia de dança folk moderna  Frikar e acompanhado de duas lindas e doces “backing vocals” com sorrisos que se assemelham àqueles das propagandas de creme dental, me fez sentir arrepios por todo o corpo.

Naquele momento eu estava possuído. Não sabia bem por quem ou por que, mas sabia que estava. Eu precisei de um tempo para digerir todo o talento e esplendor que havia preenchido meus sentidos até as bordas. E tão logo voltei ao meu estado normal, tratei logo de ver e rever inúmeras vezes o mesmo vídeo, para captar cada milésimo de segundo da apresentação. Depois fui à procura de outros vídeos do mesmo artista. Encontrei, além do vídeo da apresentação após a vitória, o vídeo da apresentação por ocasião ainda da competição, entrevistas, aparições em programas de TV, o vídeo da já referida participação no programa Ídolos e muitos outros.

Logo depois de ter vencido o ESC 2009, Rybak gravou seu primeiro disco – Fairytales (o qual tratei logo de baixar, claro), foi convidado para dublar um dos personagens da animação “Como Treinar o Seu Dragão” (How to Train Your Dragon), nas versões norueguesa e russa, e interpretou o personagem Levi, no filme norueguês chamado “Yohan – Barnevandrer” ou Yohan – The Child Wanderer*, em inglês.

Em minha opinião (de leigo, deve ser dito), Alexander é um dos pouquíssimos artistas que conseguem misturar o pop e o clássico e não transformar as canções em aberrações híbridas. E é justamente por isso que ele consegue agradar públicos de todas as idades e gostos. O fato de ele cantar em inglês permitiu que sua música se tornasse mundialmente popular e, aqui no Brasil, Rybak tem um número considerável de fãs. Sua comunidade no Orkut tem cerca de 400 membros – um número grande se levarmos em consideração a popularidade (entenda-se “a falta de popularidade”) que os artistas do norte e do leste europeu têm por aqui (em contraste com a adoração da qual é alvo na Europa – principalmente por garotas que tentam puxá-lo quando ele se aproxima da platéia durante um concerto).

Enfim, eu espero ter despertado nos leitores o mínimo de curiosidade a respeito deste talentosíssimo norueguês/bielorrusso e que todos apreciem o talento desse artista multifacetado que ainda tem muito a oferecer ao mundo da música.

Para aqueles que se sentiram tentados a conhecê-lo, aqui vão alguns links úteis:

Site Oficial . Biografia (Inglês) . Biografia (Português) . Fã-site InternacionalFã-blog Romeno . MySpace . Twitter . Canal (Youtube) . Comunidade (Orkut) . Comunidade (Facebook)


Bom Proveito!

*Ainda que não tenha sido traduzido para o português, creio que o título do filme poderia ser interpretado como “Yohan – O Menino Errante”.

Anúncios

2 Respostas to “A Norwegian Fairytale Comes True”

  1. Francorebel 22 de julho de 2010 às 21:30 #

    Olha, eu não tenho um instrumento favorito… engraçado isso, nunca aprendi a tocar instrumento nenhum… isso é meio frustrante pra mim, sei lá… enfim… gosto dessas descobertas musicais longínquas que algumas pessoas sabem fazer muito bem, e que trazem aos demais para que sejam apreciadas… ainda não assisti à performance do Alexander, mas pretendo conferir sim, pode deixar…

    Ótimo post, amigo blogueiro, e obrigado por mais uma visita lá no Francorebel!

    http://francorebel.blogspot.com/

  2. Bruno 23 de julho de 2010 às 1:25 #

    Um violino que precisa de conSerto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: